11.08.2007

Já passei essa fase

Já passei a fase de dizer "eu já passei essa fase" especialmente no tocante a gostos musicais. "Olha ando a ouvir o beneath the remains!" - " Ah, eu já passei essa fase, agora é mais Pólo Norte". Por outro lado não me importo de ouvir como ouvi, depois de informar que tinha voltado a ouvir o Beneath the Remains: "Que Deus te perdoe..." Ehe!

Enquanto as pessoas não se cingirem à sua insignificante condição humana, e perceberem que o que se ouve de música pouco tem que ver com evolução intelectual, não haverá paz no mundo.

3 comentários:

Lisa disse...

Se há coisa que me deixa mesmo preocupada são conversas intelectualissímas sobre gostos musicais. Não existem outros hobbies para os pseudo? Das duas uma: ou se percebe bastante de música (como tu, e esta era a parte boa deste comentário) ou então o caminho passa pelo reconhecimento da ignorância.

PmCDP disse...

Pelo contrário, o meu conhecimento é limitado aos gostos pessoais, que por definição limitados são.

Também não tenho nada contra quem discute música. Eu discuto e pouco mais sei do que o sheena é um punk rocker.

Não me agradam as pessoas que desvalorizam os gostos de outras insignificando-as a "fases". Só de for a fases da lua. Aí está bem.

Anónimo disse...

Pois, daí que a resposta mais correcta será sempre...

"ah, andas a ouvir Pólo Norte e Santos e Pecadores?... deus te perdoe"

não é um juízo de valor nem um olhar sobranceiro no teu gosto musical, apenas a constatação de que se trata de um gosto que não partilho e que, pronto, o facto de gostares não me provoca comichão. Apenas não gosto

Rogério
(de novo anónimo porque a net na minha escola não vale o preço dos cabos por onde navega)