6.14.2009

Férias de política? Não.

Denoto com denodo que uma parte das pessoas afectas a determinadas ideologias, o são por razões um pouco comezinhas, para não dizer disparatadas. Por haver mais esquerda neste país, é desse lado que tenho exemplos mais engraçados. Há os que são de esquerda porque se sentem mal por terem vidas privilegiadas. Numa espécie de culpa estéril, em vez de se dedicar a expedições humanitárias a países do Terceiro Mundo, este pessoal come um tornedó com apontamentos de pimenta rosa ao almoço para ir depois expiar a culpa nas ruas contra o capital que de forma desenvergonhada lhe põe comida tão apetitosa no prato enquanto outros nem para salsichas nobre têm.

Há aqueles que o são porque pensam que ser de esquerda é tirar aos ricos para dar a si próprios. Pessoas que viveram sempre com os olhos nas Reebok Pump (eu também as invejei)dos amigos mais abastados e que nunca largaram esse feio sentimento de querer ter o que os outros têm. Assumem que quem tem mais, devia dar tudo até todos terem o mesmo. No fundo, o que querem é ser mais que os outros sem ter de trabalhar muito. São os piores.

Por último há os medricas. Os que são de direita até na questão da unha negra do dedo mindinho, mas têm vergonha e por vezes medo dos amigos de esquerda. Começam invariavelmenete as frases por: "Eu sou de esquerda, mas...". Normalmente saem do armário nas piores alturas e com a força de um vómito aguentado durante uma noite inteira.

10 comentários:

Carlita disse...

Foi preciso ler este texto três vezes para me aperceber deste início fantástico:
"Denoto com denodo"
hehe
:-)

Aneurisma disse...

Podes crer... excelente início.

Gostava de saber em que lado me encontro eu, que sou de esquerda com uns laivos de fascista :-)

hehe

Paulo Noval disse...

"O voto devia ser obrigatório!"
"Não concordas com a legalização da marijuana? És conservador"
O fascismo ganha uma nova textura...

Carlita disse...

O fascismo ganha uma nova textura e esta caixa de comentários também!
Hehe
:-)

PmCDP disse...

Ah ah! Esta agora... Oh, Roger eu acho que tu és dos que são de esquerda porque sim. E isso é bom.
Voto obrigatório, também não me parece...

Ritinha disse...

Deixa lá que substituir a justiça social pela caridadezinha também é uma coisa bem emética da direita.

PedromcdPereira disse...

Sem dúvida! Nem imaginas o que me tenho debatido com isso...

Ritinha disse...

Isso é sarcasmo?

PedromcdPereira disse...

Não, é verdade. Na minha profissão vejo exageros de todo o lado.

Ritinha disse...

Já agora, que fazes tu para levar pão à boca?